sexta-feira, 9 de setembro de 2011

A cada manhã...

Milton Ostetto
(click mas imagens para ampliar)

Milton Ostetto

Milton Ostetto

Milton Ostetto

Milton Ostetto

Quando abro a cada manhã a janela do meu quarto
É como se abrisse o mesmo livro
Numa página nova...

Mário Quintana

5 comentários:

  1. Grande poema para um grande conjunto de fotografias. Gosto especialmente da 3ª, com aquelas linhas condutoras até ao corcovado. Linda!

    ResponderExcluir
  2. Outra bela série dessa vez em B&P. AS fotos me causam uma certa nostalgia, saudades do meu tempo de RJ na infância.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  3. A cada manhã a vida se renova.

    ResponderExcluir
  4. Muy buenos encuadres en todas, las conversiones a b/n estupendas!!

    ResponderExcluir