quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

A Lua...A Lua...

Milton Ostetto

Milton Ostetto

Milton Ostetto

Milton Ostetto

Milton Ostetto

O dia abriu seu pára-sol bordado
De nuvens e de verde ramaria.
E estava até um fumo, que subia,
Mi-nu-ci-o-sa-men-te desenhado.

Depois surgiu, no céu azul arqueado,
A Lua - a Lua! - em pleno meio-dia.
Na rua, um menininho que seguia
Parou, ficou a olhá-la admirado...

Pus meus sapatos na janela alta,
Sobre o rebordo... Céu é que lhes falta
Pra suportarem a existência rude!

E eles sonham, imóveis, deslumbrados,
Que são dois velhos barcos, encalhados
Sobre a margem tranqüila de um açude...
( Mario Quintana)

11 comentários:

  1. Lindíssima lua, e o poema...nem se fala!!
    Tenha um ótimo dia, Milton.Beijos

    ResponderExcluir
  2. Fotos muito bonitas da lua e um belo poema! (tradução Goggle)
    :-) Dorthe

    ResponderExcluir
  3. Consoladora madre de abultado vientre. Abrazos.

    ResponderExcluir
  4. sem dúvida, a Lua nos faz sonhar...
    Bonitas e inspiradoras fotos.


    Um abraço Milton, bom fim de semana
    cvb

    ResponderExcluir
  5. Beautiful photos of the month.
    Have a nice weekend.

    ResponderExcluir
  6. Milton, convido a ti e a teus leitores para conhecerem e participarem com suas produções literárias do Urbanasvariedades, o modo long play do Urbanascidades, blog cultural de produção coletiva. Visite urbanasvariedades.blogspot.com. e solte o verbo.
    Um abraço,
    Paulo Bettanin.

    ResponderExcluir
  7. Il top del romanticismo...tutte foto bellissime che fanno sognare :-)) Abbraccio

    ResponderExcluir
  8. Você descreve muito bem com as imagens que você escreve. Belas palavras e imagens. Especialmente os dois primeiros com a lua humilde. Espero que você entenda, eu usei Googels tradução / Brita

    ResponderExcluir
  9. Beautiful images, fishermen of the moon and the words are like music!

    ResponderExcluir